Resenha #11 MINHA JULIETA

BlogLido_Instagram  (11)

Talentoso e sedutor, Ethan Holt conquistou o coração de Cassie Taylor quando os dois eram apenas estudantes de teatro. O namoro não deu certo e anos depois, os dois se reencontraram como estrelas de uma peça na Broadway. O que parecia a grande chance para a carreira de Cassie, se revelou um turbulento reencontro com o seu primeiro amor. Para Ethan, era a chance de admitir seus erros e pedir por mais uma chance.

Quando Ethan aparece em sua porta pedindo perdão, Cassie se vê dividida. Ela não conseguiu esquecê-lo e a atração entre os dois ainda é explosiva. No entanto, as lembranças do término doloroso da química entre eles ainda a assombram. Consciente de como sua covardia o afastou da felicidade, Ethan está disposto a tudo para mostrar que é um novo homem, pronto para viver um grande amor. Com diálogos precisos, cenas de tirar o fôlego e capítulos que alternam entre o passado e o presente, Leisa Rayven criou um romance que captura os leitores até a última página. Se a conclusão de Meu Romeu deixou os fãs curiosos e esperando por mais, Minha Julieta esclarece as perguntas que ficaram no ar e revela se a versão contemporânea desta clássica história de amor encontra seu final feliz.

Neste livro, é dada a continuação ao Meu Romeu, ele começa exatamente onde o outro termina. O anterior responde algumas perguntas, mas neste, é onde tudo se revela. Aqui descobrimos o que levou Ethan a abandonar Cassie novamente e o que fez ele voltar querendo recomeçar o relacionamento deles.

Cassie com suas cicatrizes agora se mostra mais frágil, expõe suas fraquezas e medos de ceder às tentativas de Ethan. Não é fácil para ela, além do que as pressões externas acabam interferindo no que ela pretende fazer. Por conta disso, a melhor coisa é procurar a ajuda de quem realmente pode ajudar.

Ethan está mudado, por alguns momentos eu até cheguei a desconfiar dele, a história deles é tão intensa que eu sofri junto com a Cassie o abandono. Mas ele vai se mostrando tão humano, tão vulnerável que eu quis pegá-lo no colo e leva-lo pra minha casa…rs

Concluindo: A estrutura do livro não muda em nada do anterior, os mesmos personagens que estão lá, vocês vão encontrar aqui. Mas com um pouco mais de drama, esse livro consegue mostrar o lado mais humano dos personagens. Sim, ele tem suas passagens picantes, mas são comuns. Coisas que qualquer um que tenha tido uma paixão arrebatadora já fez. Atirem a primeira pedra quem nunca sofreu por amor, quem nunca usou sexo como arma de sedução e quem nunca errou com alguém. É isso que eu acho que é a proposta do livro. O importante é se recuperar das feridas que o amor deixa, e que o perdão prevaleça.

Editora Globo Alt, 346 páginas

    Quem sou eu...

    Mary Ellen

    "O conhecimento é algo que ninguém pode tirar de você" É isso que eu busco nos livros. Viajar sem sair do lugar, sofrer, sorrir e sonhar. São coisas que você pode fazer ao mesmo tempo, e que você só encontra nos livros. Mãe, esposa, amiga e sonhadora!

    Leia mais...

    Facebook


    Instagram

    Skoob