Resenha #18 A PROBABILIDADE ESTATÍSTICA DO AMOR A PRIMEIRA VISTA

BlogLido_Instagram  (18)

Voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém?

Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Hadley é uma adolescente frustrada pelo divórcio de seus pais. Não consegue perdoa-lo por ter abandonado sua mãe e ela. Agora terá que ir para Londres, ser nada mais, nada menos que madrinha de casamento dele. Ainda não conhece sua futura madrasta e isso faz que essa viagem seja uma grande tortura para ela. Após perder seu voo e ter que esperar até o próximo, Hadley conhece Oliver é um rapaz gentil que oferece ajuda com suas malas no aeroporto. Sua poltrona no avião é ao lado dela e durante a viagem toda, ele tenta distrai-la, pois ficar dentro de lugares fechados, causa um ataque de pânico.

Concluindo: Um livro bem sucinto na narrativa tem uma leitura leve e sem rodeios. Mas para mim foi uma grande decepção. Não pelo livro, e sim pelo fato de que eu não observei que ele era para o público juvenil. Já não consigo mais lidar com questões adolescentes, embora os dramas que Hadley enfrenta aqui sejam difíceis em todas as idades. Ver seus pais se separando, não deve ser fácil para ninguém. As pessoas tomam suas decisões na maioria das vezes sem consultar as partes que serão afetadas por elas. Principalmente nesta fase adolescente da vida, precisamos ter ainda mais atenção. Da mesma forma, é com Oliver. Ambos têm problemas familiares para resolver e quando essas questões não são resolvidas a tempo, podem afetar para sempre o futuro. O bom, é que nesse entremeio, um encontra no outro o suporte necessário para passarem por esses conflitos. Iniciando o que parece ser uma grande história de amor.

Editora Galera Record, 222 páginas

    Quem sou eu...

    Mary Ellen

    "O conhecimento é algo que ninguém pode tirar de você" É isso que eu busco nos livros. Viajar sem sair do lugar, sofrer, sorrir e sonhar. São coisas que você pode fazer ao mesmo tempo, e que você só encontra nos livros. Mãe, esposa, amiga e sonhadora!

    Leia mais...

    Facebook


    Instagram

    Skoob