Resenha #20 SEGUNDA CHANCE

BlogLido_Instagram  (20)

Meredith Martin Delinn perdeu tudo: seus amigos, suas posses, seu status social. Seu marido, Freddy, foi preso e condenado depois de ser flagrado operando um esquema financeiro fraudulento, que resultou em um prejuízo de bilhões de dólares para seus ricos investidores. Meredith, que não sabia de nada, se vê completamente desamparada.

Sem ter para onde ir, ela telefona para a melhor amiga dos tempos de infância e adolescência, Constance Flute, que também não está num bom momento: além de ainda não ter superado a morte do marido, está também brigada com a única filha. A caminho de um verão reparador na ilha paradisíaca de Nantucket, a amiga resgata Meredith das legiões de paparazzi para um breve refúgio nas praias. Quando Toby, irmão de Connie e ex-namorado de Meredith, reaparece para passar um tempo por lá, as memórias que suscita a faz pensar na vida que estava levando e naquela que poderia ter tido.

Agora, um de seus dois filhos e ela estão sendo investigados pelo FBI para apurar a participação deles nas falcatruas do marido. Meredith terá que colaborar com eles para poderem encontrar o dinheiro que foi desviado, pois após ser preso, seu marido simplesmente parou de falar. Além disso tudo, ela sofrerá retaliações daqueles que perderam o dinheiro investido nas empresas Delinn. Será que Meredith conseguirá sobreviver a esse inferno em que sua vida se transformou?

Meredith não é uma mulher fútil que só gastava o dinheiro que o marido ganhava, ela é inteligente e impetuosa, porém ingênua. Freddy sempre se mostrou ser um excelente marido, e como o ramo de negócios que ele exercia, era definitivamente inacreditável que ele estivesse fazendo algo errado. Seria complicado julga-la. Alguns sinais foram dados ao longo do tempo, mas quando a gente confia numa pessoa, é difícil acusar, apontar. Devastada, a única pessoa que a ajudou a sair de cena, foi sua amiga Connie. O relacionamento delas estava de certa forma, abalado depois que tiveram uma discussão. No entanto, Connie não hesitou em ajuda-la quando ela ligou. Porém, isso acabará trazendo alguns transtornos para ela e essas rusgas do passado serão trazidas a tona e elas precisarão resolver isso para continuar a conviver juntas.

Concluindo: Ando mais seletiva nas minhas leituras, gosto de livros que venham a agregar coisas na minha vida, na minha rotina. Eu gostei demais desse livro. É uma história madura, teve tudo na medida, cheias de decisões para serem tomadas, desilusões, tenso em alguns momentos, atitudes para serem repensadas e perdoadas. Fiquei pensando que tudo que foi descrito lá, pode ser efetivamente vivido por qualquer esposa. Não necessariamente com tanto dinheiro envolvido, mas viver ao lado de uma pessoa uma vida e de repente se ver enganada e tudo aquilo que você achava que tinha, não existe mais! A postura de Meredith realmente foi digna de uma “lady” eu não consigo me imaginar numa situação como aquela. Super indico esse livro gostosíssimo de ler para todos aquele que procuram encontrar um crescimento em forma de livro.

Editora Bertrand, 498 páginas

    Quem sou eu...

    Mary Ellen

    "O conhecimento é algo que ninguém pode tirar de você" É isso que eu busco nos livros. Viajar sem sair do lugar, sofrer, sorrir e sonhar. São coisas que você pode fazer ao mesmo tempo, e que você só encontra nos livros. Mãe, esposa, amiga e sonhadora!

    Leia mais...

    Facebook


    Instagram

    Skoob