Resenha #95 A Árvore dos Anjos

 

Autor: Lucinda Riley
Editora: Arqueiro
Páginas: 495 páginas
Classificação: 5/5 estrelas
Compre aqui: https://goo.gl/nvjK2K / Livraria ObaU Livros e Presentes

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal.

Porém, devido a um acidente, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória.

Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical… mas que esconde um lado sombrio.

Estou em êxtase com esse livro.

Comecei a lê-lo picado, mas é impossível de se manter longe dele até ter chegado à última página.

Foi a minha primeira experiência com a autora Lucinda Riley e só posso dizer que amei demais.

A sinopse engana muito escondendo esse livrão. Embora a autora seja renomada no meio literário, esse livro tem um grande potencial e destaque.

Greta sonhava com uma vida glamorosa para ela, mas por desencontros do destino, acabou engravidando e se vendo diante de uma situação bem difícil. Mas ela não está sozinha. David, um grande amigo lhe oferece ajuda e ela acaba indo para o interior de Londres. Lá conhece o tio dele que lhe promete um futuro estável. Decidida a dar a volta por cima, Greta acaba aceitando a proposta de casamento de Owen e meses depois, nascem seus dois filhos, Cheska e Jhonny.

Aos três anos, Jhonny cai doente e morre de pneumonia. Owen, que o tinha como um filho se vê diante de uma tristeza enorme e começa a beber demais. A bebida o torna violento e Greta não vê alternativa, senão tirar sua filha e ela daquela situação.

Voltando a Londres, Greta arruma emprego e passa a viver sozinha com a filha. Carente, ela acaba tendo um caso com seu patrão e isso acaba lhe causando a demissão com a descoberta de sua esposa. Voltando a reencontrar David, que agora já é um ator comediante conhecido, Greta lhe apresenta sua filha, Cheska e através de seu empresário, ela será inserida no show bussiness. A partir daí, Cheska alcança o estrelato muito cedo. O sonho que Greta tinha para ela própria acaba sendo personificado na filha e ela passa a ignorar sinais que a menina dá.

Cheska cresce e começa a formar opinião própria e como toda adolescente, quer se impor e quando se apaixona é onde seu drama começa.

Li 400 páginas e poucas horas. Um livro intenso, chocante, devastador e com um alerta social. Às vezes ignoramos certos sinais que serão essenciais para o desenvolvimento de uma criança. Fica o alerta de que nossos filhos não são nossas propriedades. Eles são indivíduos e merecem ter seu espaço respeitado.

Acredito que Greta vai carregar uma culpa gigantesca por enquanto viver. Se você não leu este livro, não perca tempo. Te garanto que não vai se arrepender. É um livro sensível que vai deixar seu coração sangrando no final, pois o meu ficou e muito. A árvore dos anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo.

 

    Quem sou eu...

    Mary Ellen

    "O conhecimento é algo que ninguém pode tirar de você" É isso que eu busco nos livros. Viajar sem sair do lugar, sofrer, sorrir e sonhar. São coisas que você pode fazer ao mesmo tempo, e que você só encontra nos livros. Mãe, esposa, amiga e sonhadora!

    Leia mais...

    Facebook


    Instagram

    Skoob